27 de abr de 2014

Vamos participar da Convenção Coletiva de Trabalho?




Para o biênio 2014/2016 o Sindviários convidou a todos trabalhadores para reunião de elaboração de proposta que serão levadas em Assembleia para decisão final de todos.  A Diretoria de Representação irá propor alterações na Convenção Coletiva de Trabalho, com base nas solicitações que a DR recebeu dos empregados no período do mandato, excetuando os valores econômicos que devem ser propostos pela entidade sindical. PARTICIPE! DIA 17/03/14, ÁS 9HS, NO CETET.

  Clausula 2.4.3 - do PCCS
Proposta:
 - A COMPANHIA  deverá compor uma comissão para revisão e adequação das anomalias do PCCS em trinta dias contados  a partir da assinatura do presente acordo, composta pela Gerencia de Recurso Humanos-GRH, Diretoria de Representação-DR, Sindicatos, Conselho de Representantes dos Empregados-CRE e um representante por cargo.

Clausula 9.1 - HORAS EXTRAS
Proposta:
 a)  100% (cem por cento) para as horas trabalhadas em dias úteis;
b)   200% (duzentos por cento) para as horas trabalhadas em dias já compensados ou em dias de folga do empregado, observado o seu respectivo regime de trabalho;
c)    200% (duzentos por cento) para as horas extras trabalhadas em dias úteis, que excederem a 22º (vigésima segunda) hora, apuradas no período de aferição da frequência e desde que tenham sido realizadas em dias uteis de trabalho.

Clausula 9.2
Proposta:
Aos empregados que prestarem horas extras fica assegurada a concessão de auxilio-refeição a cada 2 (duas) horas trabalhadas em regime de horas extras

Clausula 11.3 - ATIVAÇÃO DE CAMPO
Proposta:
a)   Operadores de trânsito dos níveis l a lV lotados na DO e agentes de transportes l e ll, quando trabalharem em campo pelo menos 6 dias no período de aferição
 e)Agentes de Manutenção de Sinalização e Técnicos de Sinalização de Trânsito da GSS ou GSV, quando trabalharem em campo pelo menos 6 dias no período de aferição

Clausula  11.4 ADICIONAL POR CONDUÇÃO DE MOTOCICLETA:
Proposta:
A COMPANHIA pagará adicional por condução de motocicleta e bicicleta no valor de R$ 151,16(cento e cinquenta e um reais e dezesseis centavos),aos Operadores de Trânsito da DO, desde que sejam atendidos os seguintes critérios e condições:
Clausula 11.7 Fará jus ao recebimento de adicional por condução de motocicletas os mecânicos e empregados da GAF devidamente autorizados e com saídas comprovadas para testes no viário com motocicletas em qualquer período de uso.

 Clausula 2.11 - PLANO DE PREVIDÊNCIA
Proposta:
A COMPANHIA E Sindicatos e Diretoria de Representação-DR efetuarão estudos para implantação de um plano de Previdência Complementar no prazo de 120 dias a contar da assinatura do presente Acordo Coletivo.

22.4 A COMPANHIA envidará esforços para o reaproveitamento de seus recursos humanos quando da extinção de áreas ou remanejamento de atividades, desde que os empregados não apresentem problemas disciplinares.

Clausula 24.3 - CONCESSÃO DE VALE REFEIÇÃO EM EVENTO, QUANDO FORNECER ALIMENTAÇÃO
Proposta:  Exclusão total do item.

Clausula 26.1 - AUXILIO EDUCAÇÃO INFANTIL
 PROPOSTA: 
A COMPANHIA pagará mensalmente  aos empregados, Auxilio Educação Infantil após o término da licença maternidade até o final do ano letivo em que a criança completar 7 anos de idade, o valor de até R$ 542,59 (quinhentos e quarenta e dois reais e cinquenta e nove centavos) por filho ou filha, incluindo os legalmente adotados, mediante a apresentação de comprovante até o dia 17 (dezessete) do mês em curso, para serem ressarcidos até o último dia do mês.

 Clausula 30- AUXILIO PREVIDENCIÁRIO
Proposta:
C) Para as situações nos itens “a e “b”, novos afastamentos no prazo inferior a 4 (quatro) meses trabalhados contados da alta do último afastamento, serão avaliados pelo médico da COMPANHIA para a concessão do complemento